CPA

A FIQ é uma Instituição que se interessa pela qualidade do ensino, cuja finalidade é formar profissionais capacitados e qualificados numa análise situacional do tipo: a) percurso histórico da educação superior, b) problemas e dificuldades em formar profissionais técnico-científicos que estejam comprometidos com a realidade do mercado socioeconômico; c) potencialidades dos diversos setores que venham realizar pesquisas e desenvolvimento de novos processos, produtos e serviços articulados com os setores social, educativo, científico, cultural e econômico do país.
A avaliação da FIQ tem caráter formativo e visa o aperfeiçoamento dos agentes da comunidade acadêmica e da instituição como um todo. Em especial, quando conta com a participação efetiva de toda a comunidade interna e, ainda, com a contribuição de atores externos do entorno institucional. A FIQ começa, aos poucos, uma cultura de avaliação que possibilita uma permanente atitude de tomada de consciência sobre sua missão e finalidades acadêmica e social.

A Avaliação Interna da FIQ é um processo contínuo por meio do qual constrói conhecimento sobre sua própria realidade, buscando compreender os significados do conjunto de suas atividades para melhorar a qualidade educativa e alcançar maior relevância social. Para tanto, sistematiza informações, analisa coletivamente os significados de suas realizações, desvenda formas de organização, administração e ação, identifica pontos fracos, bem como pontos fortes e potencialidades, e estabelece estratégias de superação de problemas.

A CPA é constituída com as funções de coordenar e articular o seu processo interno de avaliação e disponibilizar informações. Sua composição conta com a participação de representantes de todos os segmentos da comunidade e, também, da sociedade civil organizada. A quantidade de membros, forma de composição, duração do mandato, dinâmica de funcionamento e modo de organização é objeto de regulação própria e aprovadas pelo órgão colegiado máximo da instituição. Os eixos de sustentação e de legitimidade da CPA são resultantes das formas de participação e interesse da comunidade acadêmica, além da inter-relação entre atividades pedagógicas e gestão acadêmica e administrativa.

 

COMPONENTES DA CPA

  • Maria Julia da Silva – Presidente da Comissão.
  • Vinicius de Freitas Albuquerque – Represente do servidor Técnico Administrativo
  • Joanderson Cândido de Sousa – Represente da Sociedade Civil
  • Francisco das Chagas Galvão de Lima – Represente do Corpo Docente
  • João Pedro Martins Terto – Representante do Corpo Discente
  • Ricardo David Lopes – Representante do corpo de Tutores

 

PLANO DE AÇÃO

RELATÓRIOS DA CPA

REGIMENTO INTERNO CPA

ESPAÇO SOCIEDADE CIVIL

Comissão Própria de Avaliação (CPA) da QUALIS gestão 2019-2021 composta por toda a comunidade (representantes dos docentes , discentes, técnicos-administrativos e sociedade civil) . Cabe a CPA avaliar de forma contínua a QUALIS. A avaliação é um processo fundamental para a qualidade do trabalho desenvolvido nas Instituições de Ensino. Nesse sentido, a CPA (Comissão Própria de Avaliação) da QUALIS propõe um questionário com o intuito de coletar opiniões sobre a interação/atuação da Instituição com a sociedade. Os resultados desta avaliação servirão para redimensionar nossas ações, por isso, a sua opinião é de fundamental importância. Essa avaliação é obrigatória e está instituída através do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), tornando­ se importante subsídio junto ao Ministério de Educação.

Coletaremos dados de forma contínua e em períodos específicos. Clicando na “imagem ao lado”, você será direcionado a um questionário, sua participação é muito importante para nós.

 

FALE COM A CPA